O deputado federal João Arruda (PMDB-PR) se encontrou com dirigentes da Associação dos Oficiais Policiais e Bombeiros Militares do Estado do Paraná (Assofepar) e se comprometeu em apoiar a derrubada o Projeto de Lei Complementar (PLP) 257/2016, que tramita na Câmara.

Segundo o presidente da associação, Coronel Farias, a aprovação do PLP afetaria direitos das categorias, como a promoção imediata na passagem para a reserva remunerada e a licença prêmio/especial. Isso atingiria não só os militares dos estados e do Distrito Federal, como também servidores públicos (civis).

“Em vez de tirar benefícios dos policiais, o que a gente precisa é oferecer boas condições de trabalho, equipamentos melhores, viaturas modernas e salário digno. A Assofepar pode contar comigo. Também vou buscar apoio de outros deputados e na bancada paranaense”, assegurou o parlamentar.