O deputado federal João Arruda (PMDB) obteve nesta terça-feira (16), em Brasília, a garantia do ministro de Minas e Energia Eduardo Braga de que a usina de xisto instalada pela Petrobras em São Mateus do Sul não será fechada.

Segundo Arruda, o ministro deixou claro não existe qualquer estudo que recomende o encerramento da operação da unidade no interior do Paraná. “É uma grande notícia para São Mateus”, disse o coordenador da bancada paranaense no Congresso Nacional.

Durante a audiência, realizada a pedido da bancada, o ministro adiantou que um grupo de trabalho será formado para estudar alternativas que melhorem os resultados da usina. Braga convidou parlamentares e autoridades locais para fazer parte do grupo.

O encontro contou com a presença do secretário de Petróleo, Gás e Combustíveis Renováveis do Ministério de Minas e Energia, Marco Antônio Almeida, e do consultor da Petrobras Armando Toledo. O prefeito de São Mateus do Sul, Clovis Ledur, e o vereador Omar Picheth também participaram.

Os representantes da Petrobras também reforçaram que não está nos planos o fechamento da usina de xisto instalada na cidade. “Foi uma vitoria da população de São Mateus do Sul”, resumiu Arruda.

As notícias sobre a possível desativação da usina surgiram há dois meses, quando funcionários da unidade ouviram rumores de que o prejuízo nas operações poderia levar ao encerramento das atividades, o que acabaria com 3 mil empregos diretos e indiretos, além de abalar a economia local.

Foto: Francisco Stuckert (Divulgação)